quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Pedro Menino Navegador

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Projeto: Cerrado Maravilhoso

Projeto: Cerrado Maravilhoso

I - Identificação:

1.Título do projeto: Cerrado Maravilhoso

2. Tema: O Bioma Cerrado

3. Autores: Professora Eliane Silva Oliveira e alunos do 4º ano do Ensino Fundamental

4. Orientadora: Eliane Silva Oliveira

5. Parcerias: Coordenadora Andréia Menezes

6. Unidade Escolar: Escola “Modelo 14 de Maio”

7. Série: 4º ano do Ensino Fundamental

8. Turma: A

9. Turno: Matutino

10. Período: 01/05/09 a 22/06/2009.

II - Justificativa:

Durante o carnaval nossa professora pediu que pesquisássemos sobre os animais do cerrado ameaçados de extinção, para confeccionarmos máscaras para nosso bloco: “Jeito Animal”. Descobrimos muitos animais do cerrado ameaçados. Mas ficou a dúvida: O que é realmente o cerrado?

III - Objetivos:

Conhecer o bioma cerrado.

Inferir sobre os motivos que levam a extinção dos animais do cerrado.

Entender porque as arvores do cerrado são tortas.

IV - Problematização

Ø Dúvidas

1. O que é o cerrado? E onde ele está localizado?

2. Porque muitos animais do cerrado estão desaparecendo?

3. Onde o cerrado está localizado?

4. Porque as árvores do cerrado são tortas?

Ø Certezas

Sabemos que:

1. A onça-pintada, o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, o tatu-canastra são animais do cerrado;

2. Muitos animais do cerrado estão em extinção;

3. Temos que preservar os animais do cerrado;

4. No cerrado tem muitas arvores tortas;

5. Em Cachoeira Dourada tem cerrado.

V - Recursos necessários:

Papel , folha Chamex, lápis, lápis de cor, cola glitter, giz de cera, cartolina, tesoura, cola, fita adesiva, aparelho de som, computador, Internet, máquina fotográfica digital, roupas para apresentação teatral, máscaras.

VI - Metodologia:

Elaborar um quadro cognitivo, partindo dos questionamentos e anseios dos alunos.

A professora orientadora do projeto e a coordenadora pedagógica, reestruturarão as ações já planejadas a serem desenvolvidas durante a realização do quadro cognitivo, farão a adequação dos conteúdos a serem trabalhados de acordo com o currículo do 4ºano, consultarão livro didático verificando como ele também poderá ser utilizado e proporão novas ações a serem realizadas.

Ações planejadas para serem desenvolvidas durante todo o projeto, podendo ser modificadas sempre que houver necessidades.

1º- Leitura individual e em grupo dos textos e mapas do livro Geografia de Goiás, 4º ano ou 5º ano, de Ivanilton José de Oliveira e Tadeu A. Arrais:

  • Você conhece a vegetação nativa do estado de Goiás, p. 76 e 77;
  • Cerrado de Goiás, p. 78, 79 e 80.
  • Segredos do cerrado (poema), p.81

2º - Debate dirigido sobre os assuntos estudados nos textos anteriores.

3º - Pesquisa extra classe: Animais do cerrado ameaçados de extinção.

4º - Palestra com a polícia ambiental sobre a fauna do cerrado.

5º - Piquenique ecológico no bosque da Prainha, para observação das árvores nativas do cerrado e plantio de uma muda de Ipê no Bosque das Mães.

6º - Reescrita da paródia Cerrado Maravilhoso, produzido no projeto: Projeto Foliando com Arte no Carnaval.

7º - Produção de um texto teatral coletivo, para ser dramatizado na culminância do projeto.

8º- Apresentação teatral da Escolinha Amiguinhos do Cerrado para toda a comunidade.

9º - Avaliação escrita com os conteúdos estudados.

10º- Divulgação no blog da sala.

VII – Cronograma:

Pesquisa e estudo de textos: 01 a 05 de junho de 2009.

Relatórios: ao longo do projeto

Síntese: ao longo do projeto

Palestra e pesquisa de campo: 05/06/09

Produção do texto coletivo: 06/06/09

Apresentação do teatro à comunidade: 09/06/09

Avaliação escrita: 15/06/09

Divulgação no blog: julho de 2009.

VIII – Avaliação

Os alunos preferiram ser avaliados com uma prova escrita, porém também utilizarei outros critérios, como: interesse, participação, oralidade, criatividade, trabalho em grupo e freqüência.

Anexos:

Teatro: Escolinha Amiguinhos do Cerrado

Professora Mãe Natureza:

Bom dia Alunos!

Alunos:

Bom dia professora Mãe Natureza!

Professora Mãe Natureza:

Vou fazer a chamada:

  1. Aranha Caranguejeira Èrika
  2. Arara Azul Jéssica
  3. Anta Macho Rainaldo
  4. Bicho-homem Pedro
  5. Borboleta Eduarda
  6. Cateto Jesus
  7. Jaguatirica Aline
  8. Lobo-guará Sidnei
  9. Lobo-guará Rafael
  10. Lobo-guará
  11. Macaco Bugio Isaías
  12. Onça-Pintada Daniela
  13. Onça-pintada Jade
  14. Porco-do-mato Welinton
  15. Quati Juarez
  16. Quati Mariano
  17. Tamanduá-Bandeira Daniel
  18. Tatu Canastra Ricardo
  19. Veado Campeiro Eduarda
  20. Veado Campeiro Miréia
  21. Mariposa Gabrielle

Professora:

Como foi o final de semana de vocês?

Todos falam de uma só vez.

Bom!....

Eu vi um caçador....

Eu quase caí numa armadilha...

Professora Mãe Natureza:

Calma garotada um dia cada vez.

Fala Aranha Caranguejeira:

Aranha:

Eu esta passeando e vi um caçador...

Borboleta:

Eu estava voando por aí e vi a mata pegando fogo.

Professora Mãe Natureza:

Que tristeza!

O Bicho homem está acabando com o nosso cerrado.

Todos olham para o bicho Homem.

Ele fica triste.

A professora diz:

Nos desculpe bicho homem, sei que não é culpa sua, mas seus irmãos estão ameaçando nossas vidas.

Bicho-homem:

Eu sei, mais o que posso fazer?

Professora:

Só você pode nos ajudar, ensinando tudo que você aprendeu conosco sobre o nosso cerrado.

Para ajudar o bicho homem revisar tudo o que aprendemos, coloquei perguntas sobre todo que estudamos nesse ano nessa caixinha. Vamos brincar de “Florzinha Quente” e revisar tudo o que aprendemos.

Vamos começar?

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

  1. O que é o cerrado?

É o nome do bioma ( conjunto de vegetais e animais ) que ocorrem na região central do Brasil.

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

  1. Por que muitas árvores do cerrado são tortas, de casca grossa e baixas?

Porque os solos são pobres e com grande presença de alumínio.

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

3. Por que na estiagem muitas árvores do cerrado perdem as folhas e ficam parecendo mortas?

Ficam sem folhas para evitar a perda de água, algumas possuem raízes longas, para buscar água em profundidade.

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

4. Antigamente o cerrado cobria quase todo o território do brasileiro. Quais eram os estados onde ele era predominante?

Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Distrito federal, oeste de Minas gerais e Bahia, o sul do Maranhão e parte noroeste de São Paulo.

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

5. Hoje resta menos de um terço da vegetação do cerrado, por que isso acontece?

O cerrado está desaparecendo devido o desmatamento.

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

6. Por que muitos animais do cerrado estão entrando em extinção?

Os animais estão desaparecendo devido, o desmatamento, a caça predatória, a pirataria de animais, as quimadas...

Florzinha Quente... Quente... Quente... Quente...Queimou!

7. Como o Bicho-Homem pode ajudar o cerrado?

Respeitando a natureza

Denunciando casos de desmatamento, queimadas...

Não poluindo...

Criando reservas de preservação como o Parque Nacional das Emas e Chapada dos Veadeiros.

Professora:

Muito bem amiguinhos do cerrado!

Com essas informações o Bicho Homem poderá dar palestras e levar nossa messagem...

Bicho-homem:

Mas e se as pessoas não me ouvirem?

Professora:

Já sei! Você levará nossa mensagem através da música. Afinal a música chega melhor ao coração dos homens.

Vamos nos preparar?

1, 2, 3 e...

Cerrado Maravilhoso,

Cheio de encantos mil.

Cerrado Maravilhoso,

Coração do meu Brasil.


Berço dos bichos e das vegetações

Que vivem n’alma da gente.

E o homem mata e acaba com o ambiente,

E ele morre de repente.


Cerrado Maravilhoso,

Cheio de encantos mil.

Cerrado Maravilhoso,

Coração do meu Brasil.


Homem do mundo, não faz isso não

Preserve o meio ambiente

E cuide bem do cerrado,

Porque ele ajuda a gente.


PROJETO FOLIANDO COM ARTE NO CARNAVAL


I - Identificação:

1.Título do projeto: Projeto Foliando com Arte no Carnaval

2. Tema: História do Carnaval

3. Autores: Professora Eliane Silva Oliveira e alunos do 4º ano do Ensino Fundamental

4. Orientadora: Eliane Silva Oliveira

5. Parceria: Coordenadora Andréia Meneses

6. Unidade Escolar: Escola “Modelo 14 de Maio”

7. Série: 4º ano do Ensino Fundamental

8. Turma: A

9. Turno: Matutino

10. Período: 16 a 20 de fevereiro de 2009.



II.JUSTIFICATIVA:

Este projeto se justifica a partir da constatação de que o carnaval é uma espetáculo artístico e cultural que deve ser aproveitado de forma interdisciplinar, estimulando o poder criativo do educando. Aproveitando o período de carnaval e a proposta da coordenação pedagógica de realizarmos um baile de carnaval na escola, onde o 4º ano do Ensino Fundamental, série em que atuo, comporia um bloco de ANIMAIS DO CERRADO AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO. Elaborei este projeto, com o fim de resgatar a história do carnaval, através de atividades lúdicas e artísticas que façam os alunos despertarem o interesse pelos folguedos carnavalescos.
Assim, respeitando a individualidade e religiosidade de cada aluno, preparei atividades que incentivassem-nos a participarem ativamente dos preparativos da nossa festa carnavalesca.


III. OBJETIVOS:

• Despertar no aluno o interesse e a curiosidade em relação às Folias de Carnaval;
• Resgatar culturas e tradições esquecidas pelos mais velhos e desconhecidas para os mais novos;
• Resgatar a história do carnaval de Cachoeira Dourada;

• Confeccionar máscaras carnavalescas e fantasias da flora e dos animais do cerrado em extinção com material reutilizável;

• Produzir textos: paródias com o tema: ANIMAIS DO CERRADO AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO a partir de marchinhas carnavalescas, relatórios e cartazes de propaganda ( texto informativo).


III. RECURSOS:

Áudios-visuais:

• CDS com músicas carnavalescas;
• Fichas xerocadas;
• Data show

Confecção de máscaras e fantasias:

· Cola

· Balões

· Tesoura sem ponta

· Jornais, livros e revistas velhos

· Serragem

· Tinta em diversas cores

· Pincel

· Papelão

· Papéis: color set e crepom

IV. DESENVOLVIMENTO:

1ª Etapa: Conversa inicial sobre o carnaval

2ª Etapa: Entrevistar os pais para saber sobre o carnaval de antigamente.

3ª Etapa: Comentar sobre o baile de carnaval que haverá na escola, e sobre o tema do nosso bloco.

4ª Etapa: Pesquisar quais são os animais do cerrado ameaçados de extinção.

5ª Etapa: Confeccionar máscaras dos animais do cerrado ameaçados de extinção e fantasias de carnaval

6ª Etapa: Ouvir e cantar marchinhas de carnaval;

7ª Etapa: Produzir paródia coletivamente com o tema: animais do cerrado;

8ª Etapa: Participar do baile de carnaval vestidos com as fantasias e mascaras confeccionadas e cantando a paródia produzida.

Avaliação:

A avaliação escolhida prioriza a observação diária e contínua das habilidades artísticas. Levando em conta: Interesse, Freqüência, Participação nas atividades individuais e em grupo bem como o entusiasmo na participação do baile de carnaval.


CONCLUSÃO:

Este Projeto, foi concluído no dia 22 de fevereiro, com a organização de exposição dos trabalhos realizados pelos alunos em sala de aula:
Paródia;
Cartazes;
Mascaras e fantasias.
Fechando toda a programação com desfile dos blocos carnavalesco e um baile de carnaval, onde todos nos divertimos muito.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

AULA PRÁTICA: PINDORAMA

1. Identificação
1.1 – Titulo da Aula Prática: Pindorama
1.2 - Tema: Dia do índio e Descobrimento do Brasil

1.3 - Nível de Ensino: ( X) Ensino Fundamental ( ) Ensino Médio: 1º, 2º e 3º Ano do Ensino Médio

1.4 – Série: 3º ano Projeto Aprendizagem

1.5 - Período de realização: 16 a 27 de abril de 2008.

1.6 CONTEÚDOS ESPECÍFICOS
Português:
- Leitura e escrita, interpretação, produção de texto, reconto.
Arte:
Música, desenho, escultura de argila, confecção de arco e flecha, etc.
Atuar e dramatizar música.
Matemática:
- Números naturais até 1500.
- Compor e decompor até 1200.
- Efetuar adições e subtrações com técnicas convencionais
- Ordenar acontecimentos
- Construir tabelas e gráficos
geografia:
- Paisagem natural e modificada, recursos naturais aproveitados pelo homem, transformações temporais no espaço de Cachoeira dourada.
História:
- Descobrimento do Brasil, os índios brasileiros, Os índios que viveram em nosso município.
- A composição do povo brasileiro.
Ciências:
- Relações dos seres humanos com a natureza, as plantas e animais que servem de alimento.
- Oceano Atlântico
1.7 - Professora da Aula Prática: Eliane Silva Oliveira
1.8 – Diretora: Sheila Aparecido Sousa
1.9 – Coordenadoras: Eunice Aparecida Nunes

2 – Objetivos:
2.1 – Objetivos da Aula Prática:
Ä Conhecer as características da cultura indígena: costumes, religião, vestuário, arte,etc.;
Ä Reconhecer através de estórias orais e lendas, a presença do índio Caiapó no município de Cachoeira Dourada;
Ä Perceber a importância da pesquisa no levantamento de dados;
Ä Levantar dados históricos;
Ä Estabelecer relação entre a cultura indígena e a nossa;
Ä Perceber as transformações ocorridas na natureza depois do contato do homem não-indio;
Ä Desenvolver a leitura e a escrita;
Ä Reconhecer as belezas naturais do território brasileiro;
Ä Conhecer a história do descobrimento do Brasil, levando em conta que os índios já habitavam o território.
Ä Identificar aspectos pertencentes a cultura indígena.


3 – Metodologia:
3.1 – Instrumentos e materiais utilizados:
Papel A4
Papel para dobraduras(coloridos.);
Figuras para colagem;
Lápis de cor e giz de cera;
Argila;
Tinta guache;
CD Palavra Cantada;
DVD Palavra cantada
Atividades xerocadas ou mimeografadas;
Garrafas pet;
Cola;
Tesoura;
Papelão;
Urucum;
Pedaços de madeira e palha de coqueiro;
Barbante;
Máquina fotográfica
Microssistem.
Livros para leitura: Pindorama, Pedro o menino navegador, O homem que Espalhou o Deserto, O ultimo broto,

3.2 – Procedimentos e atividades para realização da Aula Prática em sala e extra-classe:

Como o descobrimento do Brasil está atrelado a figura do índio, os eventos serão trabalhados paralelamente, interdisciplinarmente, seguindo os seguintes passos:

1º Passo – Trabalhar as acolhidas com músicas e cantigas. Exemplos: Indiozinhos, Pindorama, Os índios, etc.

2º Passo – Selecionar livros e textos relacionados ao tema, para serem lidos no momento de leitura;

3º Passo – Desenvolver as atividades de sala de formar interdisciplinar a fim de atingir os objetivos propostos.

4º Passo – Nas aulas de artes confeccionar cenários e objetos para apresentação.

5º Passo - Construir um roteiro para dramatização e filmagem do livro Pedro Menino Navegador e da música pindorama.

6º Passo – Culminância com uma mostra de cinema, para a comunidade.

Português/História/geografia:

- Ouvir a música Pindorama (CD Palavra Cantada) e em seguida promover um debate sobre a história do descobrimento do Brasil, na visão do homem não índio (português) e do índio;
- Discussão dirigida sobre o tema lido;
- Localizar informação explícita e implícita em textos;
- Identificar começo, meio e fim história ouvida;
- Completar palavras com sílabas faltantes;
- Completar texto com banco de palavras;
- Recontar textos lidos ou ouvidos e produzir textos.

Matemática:
- Resolução de problemas do cotidiano.
- representar, compor e decompor números que aparecem nos textos.
- Criar situação problema a partir de dados e fatos.
- Coletar dados para elaborar tabelas e gráficos.

Ciências:
- Identificar a origem dos alimentos consumidos pelos índios;
- Diferenciar a exploração da natureza feita pelos índios e os demais povos.
- identificar as partes das plantas

Arte:
- Confecção de:
Índios e portugueses com garrafa pet;
Confecção de caravelas com material reaproveitável;
Confecção de cenário com material reaproveitável.
- Dramatização da música Pindorama.


3.3 – Tempo de execução da Aula Prática:
A) Horas/ aulas em classe: 50 (duas semanas)
B) Horas/ aulas extra-classe: 5

3.4. Culminância:
Exposição de material produzido e dramatização para a comunidade escolar.

4. Conclusões:
4.1 – Conclusões obtidas sobre o Tema da Aula Prática:
Os alunos se interessaram muito sobre o tema, fazendo com que a aula prática fosse um sucesso.

5. Avaliação:
Através de observações contínuas, registros escritos e das atividades desenvolvidas dento e fora da sala de aula, pude perceber que a maioria dos objetivos propostos foram alcançados.

6. Bibliografia:
Revista, Projetos Escolares. Ano 1, nº 11, editora Casa da Arte.
Castanha, Marilda. Pindorama: terra das palmeiras. Belo horizonte: Formato Editorial, 1999.
Dreguer, Ricardo. Historia: ensino Fundamental. Ed. São Paulo: Moderna, 2001.



Vídeo: Pedro Menino Navegador

video

sexta-feira, 10 de julho de 2009

PRÊMIO DESTAQUE 2008

DIRETORA SHEILA E EU
EU CORUJANDO A FOTO DO PROJETO CURTA CHAPEUZINHO VERMELHO.